Estamos nas redes

Cidade

Segurança terá esquema especial para atos de 7 de setembro

Publicado

de

Fonte: Agência Brasília

Sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF), as forças de segurança locais atuarão de forma integrada e seguindo protocolo elaborado previamente. O documento foi criado com base em levantamentos de inteligência e pactuado entre o governo e organizadores das manifestações previstas para a próxima terça-feira (7).

Haverá reforço do policiamento em toda região central de Brasília. A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) realizará linhas de revistas pessoais e bloqueios nas principais vias da Esplanada dos Ministérios e proximidades da Torre de TV. Desta forma, é imprescindível que a população esteja atenta às orientações dos órgãos de segurança e de trânsito. Por questões de segurança, conforme já vinha sendo adotado em outras manifestações do tipo, o acesso à Praça dos Três Poderes será restrito.

Também será proibido acessar as áreas em que serão realizadas as manifestações portando objetos pontiagudos, garrafas de vidro, hastes de bandeiras e outros materiais que coloquem em risco a segurança de manifestantes e população (ver relação de itens abaixo). Também fica restrita a utilização de drones sem autorização no espaço aéreo da Esplanada.

Os eventos serão monitorados pelo Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), com apoio de equipes em campo, para direcionamento de ações e atuação mais rápida, se necessário. O centro reúne 29 órgãos, instituições e agências do Governo do Distrito Federal (GDF) voltadas para segurança, mobilidade, saúde, prestação de serviço público e fiscalização. Além destas instituições, representantes do Governo Federal também participarão do monitoramento no Ciob, afirma o secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo.

“Vamos seguir os protocolos que vêm dando certo no planejamento e monitoramento de eventos deste porte. A SSP/DF, assim como as forças de segurança, tem uma vasta experiência em atuações em manifestações públicas. Nos reunimos com profissionais de todos os órgãos de segurança federais envolvidos direta e indiretamente nos eventos, bem como representantes dos manifestantes. A construção em conjunto da estratégia e a integração fazem parte da natureza do nosso trabalho. Com apoio e orientação do governador Ibaneis Rocha, vamos garantir que todos exerçam o direito de se manifestar pacificamente e com segurança”, afirma o secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo.

Haverá dois espaços para as manifestações. Os locais foram definidos juntamente dos organizadores dos eventos, que se reuniram no Ciob com representantes das forças de segurança, órgãos federais e do GDF envolvidos.

Os manifestantes pró-governo ficarão na Esplanada dos Ministérios. Treze grupos foram cadastrados pelo Núcleo de Atividades Especiais (Nucae), da SSP/DF. O ponto de encontro será a Biblioteca Nacional. De lá, seguirão pela Esplanada dos Ministérios e poderão chegar até a Avenida José Sarney, na ligação entre as vias S1 e N1. Os monumentos e prédios públicos estarão fechados com gradil e resguardados por policiais.

Já os manifestantes com orientações contrárias ao governo irão se concentrar no estacionamento da Torre de TV, a partir das 8h, ao lado da Praça das Fontes. De lá, seguirão em caminhada, a partir das 10h, até o Memorial dos Povos Indígenas. A PMDF fará a segurança do perímetro e acompanhará todo o trajeto.