Connect with us

Saúde

MINISTRO DA SAÚDE ANUNCIA FIM DA EMERGÊNCIA DE SAÚDE PÚBLICA

Published

on

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou em pronunciamento de rádio e TV, na noite deste domingo (17), o fim da emergência de saúde pública em decorrência da pandemia. Segundo o ministro, o anúncio foi possível por causa da melhora do cenário epidemiológico, da ampla cobertura vacinal e da capacidade de assistência do Sistema Único de Saúde (SUS).

Ainda segundo o ministro, nos próximos dias será editado um ato normativo sobre a decisão. Queiroga ressaltou, no entanto, que a medida não significa o fim da covid-19. Segundo ele, o Brasil vai continuar convivendo com o vírus e o Ministério da Saúde permanece vigilante e preparado para adotar todas as ações necessárias para garantir a saúde dos brasileiros, em total respeito à Constituição Federal.

No pronunciamento, o ministro falou que o país realizou a maior campanha de vacinação de sua história, com a distribuição de mais de 476 milhões de doses de vacina. Foi ressaltado que mais de 73% dos brasileiros já completaram o esquema vacinal contra a covid-19 e 71 milhões receberam a dose de reforço. De acordo com Marcelo Queiroga, foram investidor  100 bilhões de reais exclusivamente no combate à pandemia, além dos mais de R$ 492 bilhões para o financiamento regular da saúde desde 2020. Vale lembrar que a Covid-19 foi declarada uma emergência de saúde pública no dia 3 de fevereiro de 2020. Desde o início da pandemia até este domingo, o Brasil registrou  5.337.459 casos de covid-19 e 661.960 mortes.