Connect with us

Mundo

ONU PEDE QUE RÚSSIA SEJA JULGADA POR CRIMES DE GUERRA EM BUCHA

Published

on

Depoimentos de moradores da cidade de  Bucha, na Ucrânia, detalham as atrocidades cometidas pelas tropas russas durante pouco mais de um mês de ocupação. Vários líderes ocidentais e a ONU pedem que a Rússia seja julgada por crimes de guerra, mas Moscou nega qualquer responsabilidade no massacre. 

Mais de 400 corpos de civis foram recolhidos das ruas de Bucha nos últimos dias, tomada pelas forças russas em 27 de fevereiro. A cidade foi palco dos piores combates desde que a Ucrânia foi invadida pela Rússia, em 24 de fevereiro.

Com a retirada recente dos soldados russos do local, os bombardeios cessaram e cenas macabras foram descobertas, como cidadãos mortos com as mãos amarradas nas costas, cadáveres de motoristas esmagados por tanques dentro de seus carros e dezenas de pessoas jogadas em valas comuns. Entre os mortos, também estão  pessoas de bicicleta, várias delas, idosas. 

O secretário-geral da ONU, António Guterres, se disse “profundamente chocado” com as atrocidades cometidas em Bucha. Segundo ele, uma investigação internacional deve apontar os responsáveis pelo massacre. 

O presidente da França, Emmanuel Macron, disse nesta segunda-feira que será necessária uma nova rodada de sanções à Rússia depois do ataque a civis na cidade ucraniana de Bucha.