Connect with us

Notícias

GOVERNO PODE UTILIZA EXCESSO DE ARRECADAÇÃO PARA CORRIGIR TABELA DO IR

Published

on

O Governo Federal estuda a possibilidade de utilizar o excesso de arrecadação para corrigir tabela do Imposto de Renda. A informação foi confirmada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, durante evento promovido por uma instituição bancária na quinta-feira.

O ministro disse que a análise que está sendo feita é se a tabela do IR será corrigida agora ou será repassada para a primeira ação de novo governo. A ideia, segundo Paulo Guedes, é não  usar toda a alta da arrecadação de uma só vez, mas, sim,  devolver apenas parte para não haver riscos fiscais.

Ainda de acordo com o ministro, a equipe econômica também gostaria de usar a melhoria da arrecadação para financiar a renegociação de dívidas do Simples Nacional e a isenção para investidores estrangeiros. Paulo Guedes, no entanto, disse que a alteração de medidas econômicas pela ala política do governo nem sempre viabiliza essas medidas.

O ministro da Economia afirmou, também, que o governo pretende promover uma nova rodada de redução de 10% no Imposto de Importação, mas ressaltou que a medida depende de acordo para o corte adicional que fará o desconto no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) aumentar de 25% para 33%.

No início do mês, o governo prorrogou, por 30 dias, o corte de 25% no IPI. De acordo com Guedes, a equipe econômica queria elevar a redução para 33%, mas a medida foi travada porque os governadores não concordaram em reduzir o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços, o ICMS, sobre o diesel.