Connect with us

Entretenimento

WILL SMITH GANHA PRIMEIRO OSCAR DA CARREIRA E DÁ TAPA EM CHRIS ROCK

Published

on

“No ritmo do coração” se tornou o grande vencedor do Oscar 2022 neste domingo (27). Após ganhar estatuetas por ator coadjuvante (Troy Kotsur) e roteiro adaptado, a produção levou o prêmio de melhor filme.

Apesar da grande conquista, que inclusive se torna a primeira de uma plataforma de streaming, a Apple TV+, na categoria principal do Oscar, a noite também foi marcada por um tapa, dado por Will Smith em Chris Rock.

Entre os demais destaques, estão o Oscar de melhor canção original a Billie Eilish e seu irmão, Finneas O’Connell, por “No time to die” (“007 – Sem tempo para morrer”), e a estatueta de melhor filme internacional para o japonês “Drive my car”.

Veja a lista de vencedores:

Melhor filme

  • “No ritmo do coração” (vencedor)

Melhor atriz

  • Jessica Chastain – “Os olhos de Tammy Faye” (vencedor)

Melhor ator

  • Will Smith – “King Richard: criando campeãs” (vencedor)

Melhor direção

  • Jane Campion – “Ataque dos cães” (vencedor)

Canção original

  • “No time to die” – “Sem tempo para morrer” (vencedor)

Melhor documentário

  • “Summer of Soul (…ou Quando A Revolução Não Pôde Ser Televisionada)” (vencedor)

Melhor roteiro adaptado

  • “No ritmo do coração” (vencedor)

Melhor roteiro original

  • “Belfast” (vencedor)

Melhor figurino

  • “Cruella” (vencedor)

Melhor filme internacional

  • “Drive my car” – Japão (vencedor)

Melhor ator coadjuvante

  • Troy Kotsur – “No ritmo do coração” (vencedor)

Melhor animação

  • “Encanto” (vencedor)

Efeitos visuais

  • “Duna” (vencedor)

Melhor fotografia

  • “Duna” (vencedor)

Melhor atriz coadjuvante

  • Ariana DeBose – “Amor, sublime amor” (vencedor)

Maquiagem e cabelo

  • “Os olhos de Tammy Faye” (vencedor)

Melhor som

  • “Duna” (vencedor)

Melhor trilha sonora

  • “Duna” (vencedor)s”

Melhor edição

  • “Duna” (vencedor)

Melhor design de produção

  • “Duna” (vencedor)

Melhor curta-metragem em live action

  • “The long goodbye” (vencedor)

Melhor documentário de curta-metragem

  • “The queen of basketball” (vencedor)